13 Reasons Why

01:18

Vamos falar de 13 Reasons Why ?


(blurredlights.wordpress.com)

Eu Chiara e a Clarice vamos fazer uma resenha sobre 13 Reasons Why, tanto a série quanto o livro...


                                                        
               Título: 13 Reasons Why (Os 13 Porquês)            Título: 13 Reasons Why
              Autor: Jay Asher                                                   Criador: Brian Yorkey
              Editora: Ática                                                        Ano: 2017
              Ano: 2009                                                              Número de episódios: 13
              Número de páginas: 256                                     Distribuição: Netflix
              Comprar: 
              Adicione no Skoob:

Livro



Sabe aquele livro que você se sente atraída pelo conteúdo? É esse livro. Os 13 Porquês é narrado pelo jovem Clay Jensen, que um dia após voltar do colégio, encontra um caixa contendo sete fitas cassetes. O que tem nessas fitas ? Nem ele sabe. Mas vai descobrir logo...

Ao todo são sete fitas, cada uma contendo fatos que levaram a menina Hanna Baker à se suicidar. Clay se pergunta o que fez para estar com essas fitas ou nela. Ao longo da noite, Clay ouve a voz de Hanna e descobre que ele é um desses motivos que a levaram à se suicidar. Mas, que motivo? Ele precisa ouvir tudo para saber.

Não é só um livro. É um livro que você vai, com certeza, extrair muitos ensinamentos. Quando você termina, começa a repensar as suas atitudes com as pessoas ao seu redor. Não é apenas uma brincadeira, quando você apelida alguém, sua intenção pode não ser ruim, mas as consequências atingem diretamente o emocional da pessoa.
A pessoa que o sofre, a partir do tempo, vai começar à se encher com aquilo tudo e irá mudar. Suas ações não serão as mesmas, vai ficar infeliz pelo que está passando.  Algumas reagem se vingando do opressor (não foi o caso de Hanna) ou escolhendo acabar com sua própria vida.
Atualmente, conhecemos muitos casos em que o bullying acarretou situações horríveis, como o famoso caso de Realengo, RJ.

 Série

Hanna Baker? Hanna Baker? Ah, ela está morta. Morreu de tanto sangrar depois de tudo o que sofreu, por culpa de indivíduos que fizeram com que sua vida mudasse. De quem é a culpa afinal ? Dos 13 porquês.

Tudo começa no primeiro do ensino médio de Hanna, onde com um simples beijo, uma mentira foi gerada em torno de uma foto, quem é o culpado? Justin. Eles se conheceram em uma festa, se olharam e se sentiram atraídos um pelo outro. Quando sua amiga muda de cidade, eles começam a se aproximar, se beijam e Justin captura uma fotografia, acarretando em uma mentira que mudará a vida de Hanna para sempre.

Amiga ou não? Era assim, mas agora não é mais. Elas estão mudadas, cada um em seu canto, uma para sempre.
     
Todos eles fizeram alguma coisa para causar a morte de Baker. Clay Jensen ouve todas as fitas, como no livro, com a ajuda de seu amigo Tony, ele descobre tudo sobre o universo de Hanna.
Com algumas partes adicionadas, a série se tornou a mais conhecida da Netflix. A série teve como base o livro, todavia ela traz diversos aprendizados que fazem você parar e pensar em sua vida.

O  elenco é composto por atores sensacionais, que atuam de forma extraordinária. A produção conta com nomes como: Selena Gomez, Tom McCarthy e Mandy Teefey. E a trilha sonora? Essa é de se emocionar, junto com as cenas.

Os 13 ensinamentos:
   1. Repense suas ações.
     2. Não faça aquilo que não gostaria que fizessem com você.
     3. Não julgue uma pessoa pelo o que é dito dela.
     4. O suicida não é culpado pelo o que sofre.
     5. A vitima de atos cruéis nunca será culpada.
     6. Você não sabe o que se passa na vida de outras pessoas.
     7. Não guarde suas tristezas para si, alguém pode te ajudar
     8. As pessoas sempre irão mudar depois de sofrer.
     9. Respeite as diferenças.
     10. A privacidade é o direito de todos.
     11. Não abandone seus amigos que passam por uma fase difícil.
     12. Seja você mesmo.
     13. Não pratique bullying!
   
   
 
Instagram: @chiandcla



VOCÊ PODE GOSTAR

25 comentários

  1. Oi, meninas!
    Pelo visto terei que ler esse livro em tempo record para poder assistir a série. Não acredito que alguma série tenha o poder de incentivar o suicídio, mas certamente pode ajudar uma sociedade doente a enfrentar o problema.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  2. Olá meninas, tudo bem?
    Fiquei bastante interessada nessa postagem, ainda não li o livro e nem assisti a série, mas provável que eu assista, fico feliz de ler essa postagem.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Tudo e com você ?

      Então assista, é muito interessant.

      Abraços!

      Excluir
  3. Li o livro a algum tempo atrás, e agora reli novamente, adorei a série e acho que foi bem fiel ao livro, apesar que achei muita responsabilidade que as pessoas colocaram em cima de uma serie, no que ela devia abordar e o jeito de mostrar tal coisa, assim como no livro. Em ambos achei sensacional, uma história diferente e que serve de reflexão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordamos com você.
      Tanto o livro quanto a série possuem uma importância significativa para uma longa reflexão sobre nossas ações.

      Excluir
  4. Oi
    Eu conheço o livro e a série e infelizmente, não gosto, vi muitos problemas numa temática que é tratada de forma mais que tangencial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Mas, você já leu ?
      Não é tratado de uma forma tangencial, é uma realidade da qual jovens e adultos sofrem em seus meios de estudo/trabalho.

      Excluir
  5. Olá,

    Assistir a série em questão de um 24 horas e foi muito impactante para mim, principalmente quando foi chegando nos episódios finais, por outro lado, eu ainda não fiz a leitura do livro e fico muito feliz em conhecer um pouco sobre as suas impressões. Adorei! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Também foi impactante para nós, até porque é uma realidade violenta.
      A série em si, possui mais importância, mas não devemos desqualificar a leitura. Ela que gerou uma obra como é a série.

      Abraços!

      Excluir
  6. Ola.
    Fiquei impressionada com seu post. Realmente todos os ensinamentos que você pontuou estão presentes nos livros. Embora acredito eu que algumas histórias precisassem de um maior aprofundamento, gostei bastante do livro. Ele é muito forte.
    Beijos.
    Blog: https://fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Na série as histórias possuem um maior aprofundamento, achamos que você irá gostar.
      Abraços!

      Excluir
  7. Olá!
    Não li o livro...ainda. Mas, assisti a série e favoritei!
    É uma série genial, mas com um tema muito delicado. Pensei muito se deixaria minha filha assistir, apesar que pela sua idade ela passaria por cima de minhas orientações de qualquer forma. No entanto, achei que no caso dela não abalaria tanto, apesar no nosso quadro antigo de depressão. Correu tudo bem. Só que por ser tão pesado, pelo ao menos do meio para o final, eu não aconselharia para pessoas que estão no auge da depressão, não creio que será bem recebido.
    às demais pessoas, é uma série obrigatória que vai ajudar demais e conscientizar também.
    Abs
    Nizete
    Cia do leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      A série possui maior importância, mas não só por isso devemos descartar o livro.
      Em um quadro de depressão, não sabemos o que aconselhar.

      Abraços!

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Vou ser bem sincera com você e dizer que não tenho pretensão de ler esse livro. Acredito que a intenção do autor foi boa, e que ele aborda temas sérios e que precisam ser discutidos. No entanto, a abordagem foi falha e um tanto irresponsável. Primeiro por trazer pessoas como os "por quês"de Hannah se suicidar. Suicídio é algo extremamente complexo e passar a ideia de culpados para um ato tão extremo é simplificar demais a questão. Sem contar que as fitas nada mais são do que a carta de suicídio de Hannah e há uma determinação específica da Organização Mundial de Saúde de que o conteúdo de cartas de suicídio não seja divulgado, a fim de evitar que pessoas que se identificam com o sofrimento daquela pessoa resolvam fazer a mesma coisa. Parece ilógico pensar que alguém se mataria por causa de um livro, no entanto, esse risco existe para pessoas que já estejam emocionalmente fragilizadas.
    Ainda pior, na minha opinião, é a série que faz uma abordagem ainda mais chocante, mostrando o suicídio de Hannah. Segundo a OMS, não se deve mostrar nunca uma cena de suicídio, porque é algo tão impactante que não se tem certeza de qual a reação que isso pode despertar no público.
    Que bom que você conseguiu extrair boas lições da série e do livro. Porém, é preciso ter cuidado com uma obra assim, pois não são apenas pessoas mentalmente saudáveis que irão assistir/ler. E, para essas pessoas, o efeito pode ser muito mais negativo do que positivo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Tudo e você ?
      Achamos a mensagem do livro/série muito importante, e é positiva. As suas objeções estão corretas quanto a analise com pesquisas da OMS. Mas em caso de suicídio a leitura de um livro não vai influenciar em uma escolha, que já está tomada.

      Excluir
  9. Eu admiro essa história mas não tive coragem de ler ou assistir, acho tão triste e pesado :/ ainda não tive o momento pra encaixar essa obra na minha vida.
    Mas sua resenha está ótima, adorei que falaram de ambas as produções, ficou bem completa!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperamos que você possa ler/assistir, pois a obra passa uma mensagem muito importante. Ela trata de uma realidade presente em nossos dia-a-dia, não é diferente de um homicídio que você vê no jornal.
      Obrigada.

      Excluir
  10. Adorei seu post!! Amei o livro e quando soube que ia ter série, fiquei bem empolgada! Ja assisti e recomendo muito também.
    Beijos,
    Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nós adoramos que você tenha recomendado a obra, rsrs.
      Abraços.

      Excluir
  11. Olá, eu concordo com o comentário da Maria Luiza Lélis é um assunto complicado. Eu demorei muito tempo pra ler esse livro, e ainda não assisti a série, acho muito perigoso, depende do seu emocional, uma pessoa abalada,pre disposta ao suicídio,se ela se identificar com os "porquês" ela cometerá o suicídio. E outra os suicídios continuaram sem serem divulgados, estão divulgando apenas os pedidos de ajuda, mas quem garante que muitos tiveram certeza do que queria com essa série?
    #complicado

    Com carinho
    One®

    http://onebooksoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Qualquer pessoa pode se identificar com os porquês da Hanna, o tipo de bullying que ela sofreu está enraizada em nossa sociedade. Não só por isso (no caso, a identificação dos porquês), vai levar uma pessoa a cometer o suicídio.

      Abraços.

      Excluir
  12. Oi!!!
    Tanto o livro quanto a série são importantíssimos, mas acredito que a série acabou sendo mais pesada em mostrar como aquilo pode afetar alguém, não acho que seja recomendável para quem não esteja saudável mentalmente sabe? pode influenciar muito a cabeça de alguém.
    Beijos

    coresliterarias.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      O intuito da série foi mostrar às pessoas como uma ação pode prejudicar um ser. Não achamos que a série possa levar a ato como esse.
      Abraços.

      Excluir

Olá, seu comentário faz toda a diferença
para a criação de conteúdo aqui no blog.
Escreva o que você achou do post.
Obrigada pela visita, e volte sempre.

Meu Livro Fantástico

POSTAGENS POPULARES

CURTA NO FACEBOOK

SIGA NO INSTAGRAM

Subscribe